Início » Imprensa » Notícias » Dia Mundial da Água: Tubarão Saneamento orienta uso consciente

Imprensa

Notícias

Dia Mundial da Água: Tubarão Saneamento orienta uso consciente

24/04/2012

Seja para comemorar avanços e ideias inovadoras ou para denunciar o descaso e a degradação, cada vez mais empresas, governos, ONGs e cidadãos de vários países se mobilizam em torno do Dia Mundial da Água, comemorado nesta quinta-feira (22), para debater, trocar, aprender e refletir sobre este recurso tão vital à humanidade.

A Tubarão Saneamento, responsável pelos serviços de água e esgotamento sanitário no município de Tubarão, preocupada com a conservação dos recursos hídricos tem adotado uma política de incentivo ao uso racional da água, por meio mudanças culturais. “Com iniciativas simples, sem comprometer o conforto e o atendimento às necessidades do dia a dia, cada tubaronense poderia diminuir em até 40 litros por dia o consumo de água. Fechar a torneira enquanto se escova os dentes, por exemplo, pode trazer uma economia de 20 litros. O consumo exagerado traz prejuízos para as futuras gerações", afirma o administrador do sistema, Edifábio da Silva.

Segundo Silva, em todos os bairros de Tubarão, atendidos pela empresa, cada pessoa consome, em média, 190 litros de água por dia. Com bom senso e sem desperdício, esse número cai facilmente para 150 litros por dia, uma redução de quase 21%. “Com este objetivo também conscientizamos os funcionários sobre a preocupação com o meio ambiente, agregamos valor ao negócio, reduzimos despesas e custos operacionais, para garantir ainda mais qualidade de vida à população”.

 

Qualidade da Água

A Portaria 2914/11, que substituiu a 518/04 do Ministério da Saúde, estabelece que a água produzida e distribuída para o consumo humano deve ter sua qualidade controlada. A legislação define também a quantidade mínima, a frequência em que as amostras de água devem ser coletadas e os limites permitidos. Em atendimento às exigências estabelecidas, a Tubarão Saneamento analisa a qualidade da água desde a origem até os pontos de consumo.

Depois de tratada, a água é armazenada em reservatórios, sendo conduzida por tubulações maiores (adutoras) prosseguindo para os bairros por redes de distribuição até chegar ao consumidor final. Geralmente, o armazenamento residencial é feito em caixas-d’água. A responsabilidade da Tubarão Saneamento é levar a água até a entrada da residência, onde estão o cavalete e o hidrômetro (o relógio que registra o consumo de água).

 

A partir daí, o consumidor deve cuidar das instalações internas e da limpeza e conservação do seu reservatório. A empresa recomenda que a caixa d’água seja limpa a cada seis meses e esteja sempre tapada, evitando a sujeira e a contaminação por insetos ou animais. A Tubarão Saneamento também realiza manutenções preventivas nas instalações, para evitar problemas emergenciais. Entre esses trabalhos, estão a troca de equipamentos, limpeza, desinfecção de reservatórios e conserto de vazamentos.

Patrimônio natural: O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 22 de março de 1992, com a publicação da Declaração Universal dos Direitos da Água. Como primeiro direito, o documento enfatiza a responsabilidade de todos em relação aos cuidados com esse recurso natural: a água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

 

Dicas da Tubarão Saneamento para evitar o desperdício

 

No banheiro

- Feche a torneira enquanto escova os dentes;

- Não tome banhos demorados;

- Não acione a descarga do vaso sanitário à toa, ela gasta muita água;

- Nunca use o vaso sanitário como lixeira.

Na lavanderia

-Mantenha a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega a roupa;

- Deixe a roupa acumular para lavá-la de uma só vez.

Na cozinha

- Feche a torneira enquanto ensaboa a louça;

- Antes de lavar os pratos e panelas, limpe bem os restos de comida e jogue no lixo;

- Só ligue a máquina de lavar louça quando ela já estiver cheia.

No quintal

- Sempre lave o carro com um balde e um pano. Não use a mangueira;

- Nunca use a mangueira com água, para retirar o lixo da calçada. Varra antes, e se necessário, jogue água com um balde;

- Não regue as plantas com mangueira. Use um regador;

- Se tiver piscina, evite o abastecimento excessivo.

Mananciais: Para cuidar da água não basta reduzir o consumo. É preciso cuidar das nascentes e dos rios, pois eles são as fontes que abastecem a nossa casa. Replante árvores nativas nas suas margens. Cuide do verde, evitando a impermeabilização do solo. Faça coleta seletiva para evitar que o resíduo reciclável seja disposto em aterro sanitário, em vez de ser reaproveitado ou reutilizado. Não jogue lixo em locais impróprios, evitando que este vá para as ruas, rios e lagos. Se não mudarmos nosso jeito de conviver com a água, o prejuízo será nosso. Cada um de nós deve agir individual e coletivamente em casa, no trabalho e na comunidade para garantir que todos tenham acesso à água potável.

Nas ruas: A Tubarão Saneamento realiza constantes pesquisas de vazamentos não visíveis por meio de equipamentos eletrônicos para detecção destes. Os vazamentos que afloram pelas vias são reparados o mais rápido possível, levando em conta sua gravidade (volume perdido) em relação aos demais vazamentos no mesmo período. Para agilizar a localização e conserto, é fundamental a colaboração de toda a população, avisando a Tubarão Saneamento de qualquer vazamento nas vias publicas, pelo telefone (48) 3632-9596.

 

Dados

A Água no Mundo

- 70% da terra é coberta de água;

- 97% está nos oceanos;

- 3% de água doce;

- 2% estão nas calotas polares e vapores na atmosfera;

- 1% está nos rios, lagos e aquíferos subterrâneos, é a água doce disponível para o uso humano;

 

A Água no Brasil

- 11% de toda a água doce do mundo encontra-se no Brasil;

- 40% estão na Região Norte;

 

O Uso da Água

- 70% Agricultura;

- 20% Indústria;

- 10% Doméstico;

 

A Água e as Pessoas no Brasil

- 190 milhões de habitantes

- 40 milhões de brasileiros não tem acesso adequado à água potável

 

O Esgoto e as Pessoas no Brasil;

- Mais de 100 milhões de brasileiros não têm seus esgotos tratados;

- A cada dia, 10 milhões de m³ de esgoto são despejados in natura no meio ambiente, que poderiam recobrir, com uma fina camada, todo o território brasileiro.

Fonte: Assessoria de comunicação