Início » Imprensa » Notícias » Ligações clandestinas prejudicam o abastecimento de água

Imprensa

Notícias

Ligações clandestinas prejudicam o abastecimento de água

24/04/2015

As ligações clandestinas de água estão entre os maiores problemas que afetam o setor de distribuição de água, de todas as cidades. De acordo com a direção da Tubarão Saneamento, essas ligações prejudicam não só a saúde da família abastecida pelas ligações clandestinas, como de toda a comunidade. “As fraudes, ou os famosos ‘gatos’ como são chamados, comprometem a estrutura física da rede em função de infiltrações e, geralmente, o material utilizado para este tipo de procedimento é inadequado e acaba causando vazamentos na rede, e consequentemente, o desperdício de água. A questão da contaminação também é grave”, destaca. 

Em Tubarão, a Concessionária tem atuado para reduzir o número de perdas, que atualmente atinge a marca de 30%, considerado preocupante à área populacional atendida, sendo que o maior número está concentrado nas regiões periféricas do município. Só em 2014 foram eliminadas 554 fraudes em ligações cadastradas e clandestinas. Entre vazamentos de redes de abastecimento e redes de água são identificados em média 400 ao mês. 

A diretoria ressalta que muitos atribuem as ligações clandestinas, para burlar a cobrança das tarifas pelo consumo mensal da água. Porém, os prejuízos não são só financeiros, mas também ambientais. “O desperdício da água que ocorre com essa prática acaba refletindo em problemas aos recursos hídricos”. 

O ‘gato’ e toda infração causada propositadamente pelo usuário, com o intuito de distorcer o real consumo de água, é irregular e ilegal. De acordo com a Concessionária, quem comete o crime não se preocupa com o desperdício, já que não vai pagar pelo alto consumo. “Estamos sempre trabalhando em cima da importância da água. É preciso que a população tenha consciência, pois estamos caminhando para tempos de recessão mundial deste líquido”, salienta a direção da empresa.

Quando a fraude é comprovada, o usuário é notificado, paga multa, além arcar com os custos de um possível dano ou violação. Além disso, se for flagrado pela Polícia Civil, responde por crime de furto (Art. 155 do Código Penal).

É importante que, a população colabore e se souber de alguma ligação clandestina denuncie, pois estará contribuindo para melhorar o abastecimento de água de toda a cidade. A Tubarão Saneamento garante sigilo. Dúvidas e mais informação pelos telefones 0800 648 9596 ou (48) 3052-7400.

Índice de perdas no Brasil

No Brasil, conforme estudo realizado em 2011 pelo IBNET (International Benchmarking Network for Water and Sanitation Utilities), o Brasil ocupa a 20ª posição em um ranking com 43 países quando o assunto é perda de água tratada. Na lista, o Brasil fica atrás de países como Vietnã (que perde 31%), México (24%), Rússia (23%) e China (22%). O que mais perde água tratada na lista é Fiji, um país insular da Oceania que desperdiça 83% da água que trata. Já entre os com menor índice de perda estão Estados Unidos (13%) e Austrália (7%).

Fonte: Assessoria de Comunicação