Início » Imprensa » Notícias » Nota Oficial - Acompanhamento

Imprensa

Notícias

Nota Oficial - Acompanhamento

29/11/2014

Na tarde da última sexta-feira (29), os técnicos da Tubarão Saneamento iniciaram, em caráter de teste, o tratamento da água contaminada após um acidente ambiental, ocorridona terça-feira (25), em Lauro Müller, quando finos de carvão caíram no rio. Desde o ocorrido, os profissionais acompanharam e monitoraram a mancha que se espalhou. Os testes para assegurar o tratamento da água ainda estão sendo realizados.  Sem interromper o abastecimento, a Concessionária isolou parte do Sistema de Captação para realizar os procedimentos necessários, a fim de garantir a qualidade da água tratada.

A empresa está operando em caráter emergencial e segue monitorando, constantemente, a qualidade da água do rio. Houve um avanço no tratamento em teste, mas os técnicos estão atentos a quaisquer alterações. A equipe está empenhada em tratar a água e distribuir da melhor forma possível. A situação é de alerta até a mancha passar, mesmo porque ainda não é possível mensurar o que o acúmulo de sólidos pode causar no sistema e nas bombas de captação.

Como ainda há possibilidade de suspensão temporária no fornecimento de água tratada, a Tubarão Saneamento solicita à população que continue utilizando a água de forma consciente, evitando desperdícios, até que a situação seja normalizada. Medidas paliativas, como fornecimento de água às clínicas de hemodiálises e hospitais, estão disponíveis pela Concessionária, caso necessário. A população pode entrar em contato pelos telefones 0800 648 9596 ou (48) 3052-7400.

Água pode ser consumida
A Tubarão Saneamento orienta quanto ao consumo da água tratada e distribuída pela Concessionária, na Cidade Azul: mesmo com o acidente ambiental, quando finos de carvão caíram no rio, a água que chega à residência dos tubaronenses é potável e de qualidade, podendo ser consumida sem quaisquer preocupações. É importante lembrar que a empresa não distribui a água captada, sem passar por um sistema rigoroso de tratamento, ou seja, só envia aos usuários água potável. O monitoramento da qualidade da água é realizado diariamente e atende a Portaria 2914/11, do Ministério da Saúde.

Fonte: Assessoria de Comunicação