Início » Imprensa » Notícias » Saúde em ação: Tubarão Saneamento imuniza funcionários contra a gripe

Imprensa

Notícias

Saúde em ação: Tubarão Saneamento imuniza funcionários contra a gripe

21/05/2012

Com a queda das temperaturas, doenças como gripes e resfriados estão mais presentes no dia a dia das pessoas. O frio somado à baixa umidade do ar e a uma maior concentração dos poluentes são um prato cheio para esses tipos de problemas. Pensando sempre no bem-estar dos funcionários e, também, na prevenção, a Tubarão Saneamento, realizou na manhã desta quinta-feira (17), uma Campanha de Vacinação contra a gripe sazonal e a gripe A (H1N1).

Mais de 70 colaboradores que prestam serviço para a empresa concessionária receberam a dose da vacina, aplicada pela enfermeira Karoline Simon Antunes, com a ajuda da técnica de enfermagem Josilene Martins Fernandes, do Sesi Clínicas. A ação faz parte do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), sendo desenvolvida anualmente na Tubarão Saneamento S/A.

 

 

“O frio reduz a imunidade e faz com que as pessoas permaneçam mais tempo em ambientes fechados, fatores que facilitam a contaminação com o vírus. A medida foi tomada porque, mesmo que alguns funcionários se enquadrem dentro do calendário do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, a maioria está fora. Desta forma, a Tubarão Saneamento considerou importante e disponibilizou a dose. Eles estão tão expostos ao risco de contrair a doença quanto os demais colaboradores imunizados pelo Estado”, explicou o administrador da empresa concessionária, Eduardo Vergutz Fernandes.

Vale ressaltar que, para evitar a proliferação do vírus, além de tomar a vacina, devem-se tomar outros cuidados importantes, como lavar as mãos, alimentar-se e hidratar-se bem, usar lenços descartáveis, evitar aglomerações e ficar em ambientes fechados.

 

Sintomas

A gripe A é uma doença altamente contagiosa. Os sintomas são similares aos da gripe convencional, porém com maior ênfase. Os principais sinais são: tosse seca, dor de cabeça e de garganta, febre acima de 38°C, náusea e falta de ar.

Fonte: Assessoria de comunicação